Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Setembro, 2012

o que será?

estou há horas em frente ao computador para encontrar uma citação. qualquer coisa. uma crónica, um poema, uma frase perdida por aí. qualquer coisa que contenha as palavras certas para esta inquietação, este desconforto indescritível. como uma música que fica dentro de nós, a querer sair, um beat latente, na nuca, mas que acaba por nunca encontrar expressão, que nunca encontra um cais; que fica à deriva, cá dentro. é, talvez, uma angústia. ou é, simplesmente, domingo.

Read Full Post »

100 cages

não há intimidade nos cantos. porque a intimidade é um som redondo, envolvente. és íntimo da intimidade e do passeio público. dominas o silêncio para libertar o ruído. não há nada nos teus dedos que não seja uma frase respirada na rua. e dentro de casa, a celebração da solidão, a festa dos fantasmas e dos amigos imaginários. está a chover lá fora. não sei as horas. mas ainda há luz.

Read Full Post »

more than this

lembro sempre aquela canção do vinicius “onde anda você?”. porque a cidade é demasiado grande. porque as horas são todas de ponta. porque impera o caos no meio da cidade. e a vida perde-se. a nossa vida.

Read Full Post »